Unidade de Gestão de Resíduos de Construção e Demolição (RCD)

O setor da construção civil é responsável por uma parte muito significativa dos resíduos produzidos em Portugal. A elevada quantidade deste tipo de resíduos, a sua constituição heterogénea e os seus níveis de perigosidade, assim como o carácter disperso e temporário das obras, são um conjunto de fatores que dificultam uma correta gestão dos mesmos.

Por estes motivos, os resíduos de construção e demolição (RCD) encontram-se abrangidos por uma legislação específica: Decreto-Lei 46/2008 de 12 de março. O referido Decreto-Lei estabelece o regime das operações de gestão de resíduos resultantes de obras ou demolições de edifícios ou de derrocadas, compreendendo a sua prevenção e reutilização e as suas operações de recolha, transporte, armazenagem, triagem, tratamento, valorização e eliminação.

No nosso grupo dispomos de serviços que permitem uma correta gestão dos RCD. O principal objetivo é a produção de agregados que possam substituir as matérias-primas tradicionais.

Conheça os resíduos admissíveis no aterro da Recivalongo.

Entre em contacto connosco para mais informações

Enviar
TRATAMOS
300 TONELADAS
DE RESÍDUOS POR DIA
TRANSFORMAMOS
40 MIL TONELADAS
DE CSR POR ANO
ATERRO COM MAIS DE
2 MILHÕES DE M³
DE CAPACIDADE
CENTRO COM
90 MIL M²
DE ÁREA TOTAL